quarta-feira, 5 de setembro de 2012


Depois dos 30, continuamos errando. Continuamos não sabendo. Continuamos esperandoMas, pelo menos, temos uma breve idéia de onde queremos chegarNão é fácil, eu admito. 
Existe uma pressão no mundo para que você se torne uma coisa: GENTE...GRANDE. 
Aí,começa a batalha... Você TEM que ter um diploma, uma carreira, um namorado, 
um casamento, um filho, um cachorro. 
(Mesmo que não seja a lista dos sonhos de sua vida). Você tem que cortar o cabelo, tirar o piercing, encompridar a saia, 
comprar um biquíni maior, um short "descente"...
(Apesar de achar seu novo "eu" um tanto demodê)
... Mas criança grande que sou, ainda acho os 30 são a melhor coisa do mundo
Que se danem as contas, as rugas e demais amolações. As paranóias dos 20 (finalmente!) acabaram. 
Agora você é um ser sublime e sem espinhas
E - digam o que quiserem! - você nunca mais vai morrer de amor. INVENÇÃO MINHA? Não, acho que não... 
Depois dos 30, a gente sofre com mais dignidade. A gente sabe que toda dor passa. E entende que - tirando a lei da gravidade - tudo tem conserto!!!!! rsrs

Nenhum comentário: